sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Apendagite Epiplóica: um nó nas tripas!

Esta semana aprendi uma nova as custas de muita dor. Apendagite Epiplóica, isso mesmo, não é grego não.
Trata-se de uma inflamação na região do abdome, mais especificamente na parte que recobre o intestino.

O pior de tudo é correr pro hospital achando que você está com uma crise renal, por conta disso já fui me adiantando e tomando logo um analgésico e um anti-inflamatório. Gato escaldado trem medo de aguá fria. Neste momento começa a grande novela do atendimento em saúde no Brasil e nem adianta ser pago não!!! Cheguei no hospital 13:40 aproximadamente, com dor! Pega senha, hum tela touch screen! moderno, será que é rápido? aguarda ser chamado, chamam, aguarda entrarem em contato com seu plano de saúde ... enquanto isso sentindo dor ... o plano autoriza, assina um monte de papel - que não são lidos obviamente, pois estou com uma dor absurda -  volta pra sala de espera e ... e s p e e e e r a ... ser chamado. O médico chama, um sujeito com cara de quem ainda assistia Power Rangers de tão novo, em 2 minutos eu descrevendo os sintomas, mais 3 minutos de exame e mais 10 minutos dele teclando, teclando, teclando. Eis que recebo uma cacetada de exames para fazer, colhe urina, tira sangue... o começo foi rápido, parecia promissor, foi quando o atendente me diz:

- É duas horas para sair o resultado do sangue e urina viu, senhor?!?

Paciência, já eram umas 15 horas, vou fazer os outros exames e quando terminar passo aqui e pego. Vamos para os exames de imagem, entra em outra recepção, fico teclando na tela para tirar a senha e nada. Continuei dando umas dedadas na tela e nada, foi quando percebi um botão preto ao lado da tela. Pensei, putz! Se a recepção do que tinha touch screen demorou um tempão imagino esta. Paciência vamos lá! olho em volta e 80% das pessoas tem mais de 65 anos, todos preferenciais - imaginei: to ferrado!

E sentindo dor esperei uns 30 minutos para ser chamado - detalhe: era um atendimento de urgência - finalmente sou chamado. A atendente me diz que o plano de saúde precisa autorizar o Raio-X e a tomografia. Pensei com o meus botões: tô ferrado!! Sentindo dor, às 16 horas recebo a notícia que meu Raio-X está autorizado \o/ , mas a tomografia ainda estava em negociação. Paciência, vamos fazer essa chapa logo de uma vez. Sentado na sala de espera do raio-X, sentindo dor e com fome - não almocei devido a inapetência que a dor me causara - esperei longos 15 minutos. Fui chamado para as chapas, tira chapa cola um esparadrapo com os números, coloca a chapa pra dentro da câmara, fica de pé aqui, vira de costas, atenção:

- Pare de respirar!
- Respire normalmente.
- Espera aí que vou ver se ficou boa!

Sai da sala e volta com outra chapa:

- Agora mais outra.
- Enche o pulmão de ar.
- Pare de respirar!
- Respire normalmente.
- Agora deita aqui na mesa! 

Ainda sentindo dor, lá vou eu deitar na mesa, a radiologista procura a ponta do osso da minha bacia para me posicionar corretamente, e tá que me aperta e eu sentindo dor. Em um breve momento, ela olhando a máquina, sem olhar para o paciente, procurando a região do ilio (a ponta da bacia) ela vai em direção ao púbis e acha o pênis. Analisemos! Calça de ginastica, tudo meio solto, acidente de trabalho e tudo mais, mas a radiologista me deu uma patolada! Tudo bem, ela fingiu que não tocou eu achei que não valia uma piada, também por estar sentindo dor e também por que não dava pra encarar àquela respeitável profissional. Segue o exame:

- Pare de respirar!
- Respire normalmente.
- Mais uma vez.
- Pare de respirar!
- Respire normalmente.
- Pronto senhor a imagem vai direto para o sistema e o médico acessa do consultório.

Bom, pelo menos isso! Agora vamos a tomografia. Volto ao guichê de atendimento e pergunto a respeito do meu exame, quando a atendente me dá 3 "boas" notícias.

Primeira ) - Senhor o seu pedido ainda está sob análise para autorização do plano de saúde.
Segunda ) - Só que infelizmente o nosso tomógrafo está desativado, mas não se preocupe, assim que for autorizado o senhor será conduzido de ambulância até o outro hospital para exame.
Terceira )  - Só tem um detalhe senhor. O resultado deste exame demora de duas a três horas para ficar pronto.

Francamente, se eu tivesse um Alien crescendo dentro de mim, numa altura dessas o oitavo passageiro já teria pulado da minha barriga gritando I'm Back!   Daí só chamando a Sigourney Weaver para dar jeito.

Paciência, fazendo as contas vi que meu dia no hospital não ia acabar tão cedo. Diante disto - sentindo dor e morrendo de fome - sentei e só o que me restou fazer foi assistir o fim do Vale a Pena Ver de Novo e  grande parte da sessão da tarde.

Era 17:30, quando recebo a notícia que o exame havia sido autorizado pelo plano de saúde. \o/ Vê se pode?! E lá vou eu par ao guichê assinar mais papelada. Foi quando a atendente me passa um formulário para preencher, leio o conteúdo e pergunto surpreso:

- Essa tomografia é com contraste?

e a atendente responde:

 - Sim senhor!

Então pensei; "Ta de sacanagem!". Eu já não havia comido nada e eles anda iam injetar um monte de porcaria no meu corpo para aumentar a clareza do exame. Paciência, 15 minutos depois chega a ambulância para me levar para outro hospital. Andar de ambulância é deprimente, o cheiro, a disposição do motorista as acomodações, nada presta ali. E lá vou eu chacoalhando na cadeira, sem ter onde se segurar e sentindo dor.

Sai da ambulância, a enfermeira acompanha até a ante sala do tomógrafo e me comunica:

- Senhor!! O senhor precisa tirar toda a roupa, ficar só de cuecas e calçado e vestir este avental.

Na cadeira do lado tinha uma mocinha com seus 20 e poucos anos para fazer seu exames e tendo que escutar aquilo. Entra na cabine, coloca o avental, o avental é curto e lá sai eu pelo corredor afora parecendo estar de mini saia. Logo sou direcionado pra uma sala, tenho que pulsionar a veia para o exame, a radiologista responsável pulsiona a veia, injeta alguma coisa e deixa uma seringa pendurada na pulsão. Enquanto isso volto desfilando corredor afora com as coxas de fora e no braço uma seringa pendurada. Até consigo imaginar cenas mais ridículas, mas aquela já estava de bom tamanho. Sento no banco para esperar, quando abre a porta da sala de exame, chamando o próximo paciente. Pensei, " ufa pelo menos não demorou muito para eu ser chamado", afinal eu era o único de avental. Foi quando a radiologista chamou a menina de 20 poucos anos, que não precisou colocar avental, entrou com a roupa que estava.

"Ta de sacanagem!!!" pensei, e lá fiquei eu mais uns 15 minutos esperando minha vez. Quando, por fim fui chamado, prontamente me coloquei deitado em posição para realização do exame. A radiologista tirou a seringa colocou a sonda para injeção do contraste e começou o exame.

- Você irá escutar uma voz pedindo para encher o peito e prender a respiração!
- Encha o peito e prenda a respiração.

Pensei, "tá bom, entrar num túnel e escutar uma voz? olha lá o que vão colocar nesse contraste! Se eu vir uma luz e alguém me der a mão com certeza é porque eu fiz o passamento!! "

E tô eu lá num entra e sai danado naquela rosca gigante, quando a radiologista avisa que vai injetar o contraste.

- "Uai já não tinham injetado?" eu pensei

Injetaram e o meu corpo começou a esquentar de um jeito, que a impressão era que pulei de 36 pra febris 45 graus num instante. Aí veio aquele gosto de remédio na boca e a voz me dizendo:

- Encha o peito e prenda a respiração.

Foi coisa de 10 segundos, mas quando soltei a respiração parecia que e eu ia colocar pra fora o esôfago, o estomago e todo o intestino pela boca.
A radiologista me peguntou.

- Você tá bem?

Olhei pra cara dela e disse que estava com vontade de colocar o estomago pra fora, ela arregalou o olho, como quem diz: Não vai sujar tudo aí não heim! E eu tive que fazer um esforço sobre humano pra me segurar e não dar este desprazer àquela criatura.

Exame acabado, pego a ambulância de volta para o hospital de origem, chego no hospital e vou direto numa barraquinha que vende salgado, tinha que comer, estava só com o café da manhã até então. Matei um pastelão de frango com coca-cola e corri para pegar os exames que já estavam prontos. 19 horas, foi quando entreguei parte dos exames para o "power tiranossaurus ranger" médico que me atendeu. Mas sem a tomografia o diagnóstico era inconclusivo. Então, ainda com dor mas já sem fome, eu esperei.

20 horas foi quando um laudo preliminar chegou, então levei para o médico que rendeu o "ranger". Ele olhou o laudo e me disse que ia me encaminhar para o cirurgião geral dar uma olhada, contudo me passou a receita que o médico anterior fez antes de morfar e ir para casa.

pensei: "Ta de sacanagem!! Vou pegar outra fila pro cirurgião agora?"

Eu não sei se já disse aqui, mas eu ainda estava com dor e voltei pra recepção, cliquei no touch screen tirei uma nova senha e me pus a esperar, fui chamado, assinei papel, voltei pra espera, uns 20 minutos depois o médico cirurgião geral me chamou. Dois minutos para eu explicar os sintomas + três minutos dele me examinando, olhou o laudo do exame, olhou a receita passada e falou que era aquilo mesmo. Uma inflamação na parede externa do intestino por alguma razão desconhecida.

Apendagite Epiplóica é o nome da desgraça. As vezes eu fico imaginando que sou um Compendium Médico de Doenças. É cada uma que me aparece e agora isso.

Pois é! De alguma forma àquilo torceu, dilatou e inflamou, literalmente dando um nó nas tripas.

Já era quase 21 horas quando eu finalmente consegui sair do hospital. E o resultado será, 4 dias vendo desfile de caixinhas de remédios como anti-inflamatórios, analgésicos e reguladores intestinais, durante o carnaval.

É isso ai!
fazer o que?
Paciência né!!!



PS:. comecei a escrever o texto, agora no finalzinho olhei o relógio e pensei "tá de sacanagem" 3:10 da manhã? Pô tô medicado mas ainda tô sentindo dor tinha que tá dormindo caceta!


17 comentários:

  1. Oi, otimo texto, comigo aconteceu bem parecido, quase fui operada de um apendice que eu ja não tinha. Quantos dias se passaram para parar de doer?
    Abraço
    adriana.bertazzo@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Adriana, obrigado por seu comentário. Olá Mesmo medicado acho que levou de 3 a 4 dias pra passar totalmente a dor. Abraço. Rodrigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ola rodrigo, estou com o mesmo problema a 6 meses e ja fiz 5 tomogafias 5cirurgioes, 1 colonoscopia, 1 endoscopia, 9esmaes de sangue, 2 de urina, 12 de toque na barriga, 4 ultrason, 1 enternação, 8 tipo de antibioticos, e as dores sao insuportaveis, o medico estava a fazer uma laparoscopia para saber o que acontecia dentro desse buxo, e nao quiz passar devido achar que era muito agressivo esse exame, agora tive uma noticia estou com duas bolaas de massa uma na barriga e outra abaixo da barriga disse o medico que ia tirar, ontem ligou pra minha mae que acompanha e disse que pode ser pisicologico a minha dor mesmo sabendo que tem a porra de uma apendagitw wpiploica. cansei vou esperar piorar pra ele se importar comigo e dizer nossa e grave va para a sala de cirurgia moço. abrços pra todos

      Excluir
  3. Oi Rodrigo, estava lendo seu texto, aconteceu a mesma coisa comigo, mas para ajudar fiquei 1 noite no hospital tomanda antibioticos! E eu tbem sou a rainha das doenças estranhas que aparecem do nada! Estamos bem hein... Kkkk até mais, Micheli

    ResponderExcluir
  4. OLÁ PESSOAL,
    ACONTECEU O MESMO COMIGO, PASSEI UMA SEMANA ÓTIMA COM DENGUE, SEM PODER TRABALHAR E NA SEMANA SEGUINTE SEGUNDA-FEIRA, PENSANDO QUE IA TRABALHAR COMEÇOU UMA DOR ENORME QUE U NÃO CONSEGUIA ME MEXER NA CAMA..EU PENSEI QUEM FOSSEM GASES MAS A DOR TAVA TÃO FORTE QUE TIVE DE IR AO HOSPITAL, O PIOR É QUE COM TANTOS RETORNOS DA DENGUE MINHAS VEIAS JÁ QUASE NÃO EXISTIAM, FIQUEI COM O BRAÇO PARECENDO ATÉ USUÁRIA DE CRAQUE, MAS SÓ PRA SABER, O HOSPITAL QUE VC FOI FOI NO RIO DE JANEIRO? POR ACASO FOI O DR. BADIM? POIS PARECE MUITO COM AQUELE HOSPITAL...EU TAMBÉM SÓ ME SENTI MELHOR 3 DIAS DEPOIS, O PIOR É NÃO SABER A CAUSA DE TUDO ISSO, COMO ISSO FOI ACONTECER CARAMBA?
    OBRIGADA POR COMPARTILHAR.

    ResponderExcluir
  5. POIS É, O CARNAVAL EU PASSEI NA CAMA COM DENGUE E AGORA NA SEMANA SANTA ESTOU EM CASA COM DORES E APENDAGITE. DOIS FERIADOS SEGUIDOS!!!

    ResponderExcluir
  6. Olá, primeiramente, parabéns pelo artigo. Descreve muito bem o que sofremos...
    Tenho 28 anos e moro em São Paulo. Fui na Cruz Azul (Cambuci) e comigo aconteceu bem parecido, com poucas diferenças:
    1- o primeiro "power ranger" disse que eu devia estar com inflamação na bexiga, já que era do lado esquerdo;
    2- ao invés de raio x, foi ultrassom, mas não deu em nada. Assisti a mesma programação sua;
    3- entrei as 9h de segunda-feira (15.04) e saí na tarde da terça;
    4- me fizeram beber 2 litros de contraste via oral, sendo um copo de 200ml de 15 em 15 minutos (haja saco, ou melhor, estômago). Depois precisei injetar o contraste do mesmo jeito (fiquei mto bravo!);
    5- Urinei a tarde e a noite inteira;
    6- o hospital pelo menos tinha o aparelho de tomografia (mas esperei 2 horas para fazer o exame);
    7- o resultado da tomografia demorou 4 horas.
    Pois é, nada fácil o sistema de saúde brasileiro... e podem modernizar com touchscreen que não fica mais rápido!!rs
    Li na internet que os sintomas acontecem em quem está emagrecendo recentemente (meu caso - tinha 90kg e entrei na academia há dois meses e perdi 4kg). Fiquei feliz pelo menos por isso... é uma prova de que estou emagrecendo!!!rs. Também ocorre em indivíduos obesos, mas é uma doeça (se assim podemos chamar) muito rara.
    Somos sortudos, hein! Na mega-sena a gente não ganha! Ou tem alguém aqui que já ganhou? Aceito doações!!!rs
    Um abraço e boas recuperações a todos!!!

    ResponderExcluir
  7. Gente, agora esse negócio ficará famoso até entre os power rangers do SUS, um político teve, agora os médicos terão que aprender a tratar... http://educacao.uol.com.br/noticias/2013/04/19/mercadante-passa-mal-e-e-internado-em-brasilia.htm

    ResponderExcluir
  8. Sentir dor semelhante a cólica intestinal só que mais duradoura(em torno de quatro dias) e mais intensa(como tivesse quebrado um osso)na fossa ilíaca esquerda.
    Dois dias depois fiz os exames laboratoriais e após cinco dias a "Tomografia Computadorizada do Abdome Total" cujo resultado foi "Apendagite em fossa ilíaca esquerda". Ainda bem que é uma inflamação benigna!!Parece que não há prevenção(o médico que me assistiu,não me disse as causas) e os médicos tem condutas diferentes em relação ao tratamento.
    Fiz tudo mediante Convênio.Sei que se fosse pelo SUS,infelizmente,teria demorado muito mais para o diagnóstico! já que o Estado é o primeiro a não fazer cumprir o que está na Constituição, que registra a Saúde como um direito do cidadão e dever do Estado.
    O que precisa ser feito para que o SUS cumpra sua Missão?
    Quem tem dinheiro tem um atendimento particular, de boa qualidade.E quem não tem, só vai ter a opção de um de de baixa. Isto, se for atendido!!
    O que é que se pode fazer para mudar esta situação?

    ResponderExcluir
  9. Também estou com apendagite. Qual foi o seu tratamento?? Já faz uma semana e continuo com a barriga inchada (gases) e com constipação intestinal e poucas dores no local!

    ResponderExcluir
  10. Sacanagem .... parece que foi eu que escrevi isso! será que vc é meu clone?

    ResponderExcluir
  11. A dor da apendagite teoricamente passou, mas continuo com muitos gases e dores no abdômen. O engraçado é que não tomei antibiótico, tomei somente anti inflamatório.

    Estou indo no banheiro várias pelo menos 1 vez por dia.

    Estou preocupado que possa ser outra coisa mais grave.

    ResponderExcluir
  12. Rodrigo, parece que estão acontecendo coisas muito parecidas quando as pessoas são acometidas por esta doença, sera que os médicos estão mal informados sobre ela?. Comigo aconteceu quase igual a vc. também cheguei ao Hospital Evangélico em Vila Velha, ES, às 13:50hs e sai às 23:00hs. ´Só para sair o laudo da tomografia foram mais de cindo horas, da pra acreditar?, chequei até a me aborrecer e dizer algumas verdades, porque a demora estava pior do que um atendimento pelo sus em hospital superlotado, mas depois pedi desculpas porque o médico que atrasou tudo não estava presente para ouvir meus protestos, e a maior culpa era da administração que não tomava nenhuma providencia, uma administração omissa. Mas tudo bem, depois de medicado me senti melhor e já comecei o tratamento com antibióticos, anti-inflamatórios e analgésicos. Parabéns pelo artigo.

    ResponderExcluir
  13. Pessoal, fui para o hospital ontem à tarde. Moro em Curitiba. Cheguei por volta das 16:30 hs e saí por volta das 20 hs. Posso dizer que foi até rápido. Estava com os mesmos sintomas que vocês relataram. E o diagnóstico: Apendagite. Fiz tomografia após ter tomado 2 litros de contraste oral (1 copo a cada 10 minutos) e também me injetaram o contraste na veia. Pelo menos o resultado da tomografia foi para o sistema direto. Estou tomando antibiótico, antiinflamatório e um anti fúngico. A dor continua e a sensação de inchaço também. O artigo merece meus parabéns.

    ResponderExcluir
  14. Fui diagnosticada com apendagite epiplóica aguda, mas a minha dor é do lado direito. A de vcs não?

    ResponderExcluir
  15. Oi gente, eu estou passando por isso agora, comecou com uma mesenterite eaclerosante e agora chegou mais essa a apengadite epiploica, o q me deixa fodida de raiva e que estas porras de medicos nao sabem dar um diagnostico muito menos um prognostico, nos deixa no vacuo.

    ResponderExcluir
  16. Estou ingressando hoje para o time. Desde quarta passada estou indo e voltando a uma emergência particular que estava sem o tomografo. Hj fiz a TC e tive o diagnóstico. Medicação melhorou a dor mas o tamanho da minha barriga me impressiona

    ResponderExcluir